O que é liderança?

Ao contrário do que muitos pensam, liderar não é apenas assumir um cargo de chefia, há muitas ações, pensamentos e atitudes envoltos nesta questão. O papel de um líder, seja em uma comunidade ou em uma organização, é de extrema importância para o bem estar, obtenção de resultados e melhor interação do grupo em geral. Este é, portanto, o estilo de profissional buscado por grande parte das empresas que, com as condições atuais de mercado, necessitam mais de um líder do que de um chefe.


Em relação ao sentido literal da palavra, liderança é a arte de comandar pessoas, atraindo seguidores e influenciar de forma positiva mentalidades e comportamentos. Esta característica, por assim dizer, surge de forma natural, quando uma pessoa se destaca no papel de líder sem, necessariamente, possuir um cargo de liderança. Neste caso, é conhecido como uma liderança informal, já quando o líder passa a exercer um cargo de autoridade, apresenta uma liderança formal.

A única definição de líder é alguém que possui seguidores. Algumas pessoas são pensadoras. Outras, profetas. Os dois papéis são importantes e muito necessários. Mas, sem seguidores, não podem existir líderes." ? Peter Drucker, grande guru da administração.

Percebe-se, portanto, que o ato de liderar consiste no poder de conseguir influenciar os seus companheiros de equipe, de forma ética e positiva, para que estes se sintam tão envolvidos e entusiasmados no processo, que ajam de forma voluntária, contribuindo com o desenvolvimento do grupo e o alcance dos objetivos.

De acordo com o site da SEBRAE, o líder moderno possui como desafio construir seu próprio estilo de liderança, afinado com seus princípios e valores pessoais, ao mesmo tempo em que deve atender à necessidade da empresa e da equipe de trabalho. Por meio de uma filosofia mais humanista, onde é valorizado o talento humano, acontece a busca por qualidade, produtividade, bom relacionamento interno e externo, autoconfiança e segurança nas atividades de trabalho.


Pode-se subdividir a liderança em cinco estilos diferentes, de acordo com o modo de atuação e características de gestão de cada líder:
  • Liderança autocrática: o líder é focado nas tarefas, onde toma as decisões individualmente, desconsiderando a opinião dos liderados; o líder determina as providências e as técnicas para a execução das tarefas, de modo imprevisível para o grupo; além disso, é dominador e pessoal nos elogios e nas críticas ao trabalho de cada membro.
  • Liderança democrática: estilo voltado para as pessoas, com um método de liderança participativo ou consultivo, onde há participação dos liderados no processo decisório; as tarefas ganham novas perspectivas com debates, fazendo com que a divisão das mesmas fiquem a critério do próprio grupo, isto faz do líder um membro normal na equipe.
  • Liderança liberal: as pessoas tem mais liberdade na execução dos seus projetos, indicando possivelmente uma equipe madura, autodirigida e que não necessita de supervisão constante; esta pode ser, também, indício de uma liderança negligente e fraca, onde o líder deixa passar falhas e erros sem corrigi-los.
  • Liderança paternalista: estilo onde o líder e sua equipe tem relações interpessoais similares às de pai e filho, tornando o ambiente confortável para os liderados, evitando conflitos, mas não é o modelo adequado num relacionamento profissional, pois numa relação paternal, o mais importante para o pai é o filho, incondicionalmente. Já em uma relação profissional, o equilíbrio deve preponderar e os resultados a serem alcançados pela equipe são mais importantes do que um indivíduo.
  • Liderança por ideal: como o próprio nome já diz, é um estilo que conduz a equipe por meio das convicções e dos valores do líder sem desmerecer os objetivos individuais dos liderados; o líder por ideal vai além de suas fronteiras organizacionais e cria um elo entre os colaboradores, os clientes, a cadeia de suprimentos e o próprio líder.

Portanto, a liderança, a busca de um líder, tem sido atualmente uma das grandes estratégias encontradas pelas empresas para se colocar à frente da concorrência, desenvolvendo uma gestão competente, eficiente e engajada, onde a equipe trabalha em prol do objetivo organizacional.

Share on Google Plus

About VALDERI FERREIRA